sábado, 27 de dezembro de 2008

Medições

"Cuando puedas medir aquello de lo que hablas...
entonces puedes pensar que sabes algo acerca de ello."

Popular lectures and addresses (1891)
W. Thomson, Lord Kelvin (1824-1907)

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

domingo, 30 de novembro de 2008

Projecto


Fernando Albuquerque Costa
SEMINÁRIO SACAUSEF - CRIE, DGIDC - ME
Lisboa, ISCTE
21 Dezembro 2005

Portefólios e Avaliação
Fernando Albuquerque Costa

Centro Nacional de Formação de FormadoresLisboa, IEFP, 05 Abril 2006

domingo, 16 de novembro de 2008

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Pensamento Crítico III




Aspects of Critical Thinking in Classroom Instruction of
Secondary School Mathematics Teachers in Jordan

Hanan Innabi: http://dipmat.math.unipa.it/~grim/21_project/21_brno03_Innabi.pdf

TIC e sala de aula

A integração curricular das TIC.

Pincas, A. (2003). Gradual and Simple Changes to Incorporate ICT into the Classroom. http://www.elearningeuropa.info/directory/index.php?page=doc&doc_id=4519&doclng=6
------
Outros:
Hoffman, J., Hsin-Kai Wu *, Krajcik, J., Soloway, E. (2003). The nature of middle school learners' science content understandings with the use of on-line resources. Journal of Research in Science Teaching, 40, (3), pp.323-346 http://www3.interscience.wiley.com/cgi-bin/abstract/ -

Bryan,L., Hannafin,J., Kim,M.(2007). Technology-enhanced inquiry tools in science education: An emerging pedagogical framework for classroom practice. Science Education, 91, (6) , pp. 1010-1030 Full Text: PDF (215K) http://www3.interscience.wiley.com/cgi-bin/fulltext/114282916/PDFSTART

Desafios, condições e outras reflexões… Leonel Melo Rosa http://www.prof2000.pt/prof2000/agora3/agora3_4.html


Explorando Educação em Ciências...Vieira http://sitio.dgidc.min-edu.pt/recursos/Lists/Repositrio%20Recursos2/Attachments/356/Livro_Expl_ciencias.pdf

Aula de Ciências no Futuro I: http://sitio.dgidc.min-edu.pt/recursos/Lists/Repositrio%20Recursos2/Attachments/356/Livro_Expl_ciencias.pdf

Aula de Ciências no Futuro II: http://sitio.dgidc.min-edu.pt/recursos/Lists/Repositrio%20Recursos2/Attachments/151/Aula_Ciencias_Futuro.pdf

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

One laptop per child

"If Nicholas Negroponte can achieve his ambition of distributing $100 laptops to the world's disadvantaged children, he will help redefine philanthropy and see his name added to a list alongside the likes of Carnegie, Ford and Rockefeller."
Technology Review

http://www.ted.com/index.php/talks/nicholas_negroponte_on_one_laptop_per_child_two_years_on.html

sábado, 8 de novembro de 2008

Pensamento Crítico


One of the great problems in today’s education systems, is that students are not trained to think critically. In other words, students are not required to think in the classroom; rather they are induced to memorize. Memorization of zillion of facts is what is currently called good education. I don’t think so.

In real life, you have to think how to solve a problem in a given situation, not to memorize all the different historical events similar to the situation you have before you, before you make a decision. That doesn’t work.

In my opinion, an excellent way to promote critical thinking is by asking questions and then trying to obtain an answer. There are no stupid questions in the classroom or the workplace.

Isaac Newton asked why did the apple fall down and not up or sideways, and by answering this “stupid” question, came up with the law of universal gravitation.

Everyone thinks; it is our nature to do so. But much of our thinking, left to itself, is biased, distorted, partial, uninformed or down-right prejudiced. Yet the quality of our life and that of what we produce, make, or build depends precisely on the quality of our thoughts. Misleading thinking is costly, both in money and in quality of life. Excellence in thought, however, must be systematically cultivated.

In: Lingua Franca

Pensamento Crítico

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Avaliamos, dando(-nos) conta do que acontece e alertamos para aquilo que ainda não aconteceu e para as respectivas causas e consequências.
Avaliamos, descobrindo e ajudando a descobrir potencialidades ainda em gérmen, prontas a despontar e a crescer.
Avaliamos, encorajando cada um a dar o seu melhor e a partilhar de coração e por decisão própria.

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Lei de Lavoisier



Na Natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.'
“In a time of drastic change, it is the learners who inherit the future. The learned find
themselves equipped to live in a world that no longer exists.”


Eric Hoffer, in Vanguard Management, 1989

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Como ontem...amanhã

"Os alunos hoje em dia dependem das lousas que são caras. O que farão quando as lousas caírem e se partirem? Serão incapazes de escrever".
Conferência de Professores em 1703

- "Os alunos dependem demasiado do papel. Não sabem escrever numa lousa sem se sujarem com o pó do giz".
Associação de Directores de Colégios em 1815

- "Os alunos dependem muito da tinta. Não sabem como utilizar o lápis. A caneta e a tinta nunca substituirão o lápis".
Associação Nacional de Professores em 1907

- "As esferográficas serão a ruína da educação do nosso país. Os alunos utilizam-nas e depois deitam-nas fora".
Professores em 1950

- "Os alunos dependem totalmente das calculadoras: por mais simples que seja o cálculo, o primeiro passo é ir buscar a calculadora".
Professor do Ensino Básico em 1996

- "Vejo aqueles maluquinhos enfiados naquela máquina [o computador] e nem por isso os vejo serem melhores. Aliás, nem percebo o porquê desta euforia relativamente ao computador. Ainda não percebi que outras vantagens tem além de ser uma máquina de escrever melhorada."
Professora entrevistada em 1997

in Nóvoa e Maia, Professores e Computadores: Crenças e Obstáculos, Informática e Educação, VI, 1995

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

50 anos de NASA

Somos tão pequeninos e tão novinhos...
Como diria Einstein: "Não pretendo compreender o Universo. Ele é tão maior do que eu..."

Mas há quem não descanse e não desista:


in: http://www.nasa.gov/

e-Learning

domingo, 28 de setembro de 2008



No fim tudo acaba. Resta aqueles que se toca ao longo da vida.
D. Gina: um beijo

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

e-learning

If we put ourselves into the worker’s environment, we start to have many more tools and approaches at our disposal. There are challenges, but it’s time to start looking at them in terms of opportunities.
Marc Rosenberg

Vantagens da Net

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

counting

Not everything that counts can be counted, and not everything that can be counted counts.
Einstein

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Início de aulas

Mais um ano lectivo. Mais uma aventura do conhecimento a começar. Tempo para ponderar nas palavras de Doris Lessing: "Se eu estiver sentado ao lado de uma pessoa da minha geração e lhe disser "lembras-te?", as palavras que eu utilizar hão-de enredar-se com acontecimentos na memória dessa pessoa, e é como se o ar entre nós estivesse vivo, a ouvir-nos. Dirijam as mesmas palavras a alguém duma geração mais jovem e será como atirar pedras ao mar."

sábado, 13 de setembro de 2008

Big Bang revisitado



"The combination of the size, scale, complexity and technology — well, the comparison I always use is the pyramids,"
Peter Limon, a U.S. physicist from Fermilab

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

What is needed in education at all levels is a revolution – not just a change in methodology, but a fundamental revolution in spirit.


(Jonassen, 2000)

sábado, 30 de agosto de 2008

Era uma vez 4 pessoas chamadas Toda-a-Gente, Alguém, Qualquer-Um e Ninguém.

Havia um trabalho importante para fazer e Toda-a-Gente tinha a certeza de que Alguém o faria.

Qualquer-Um podia fazê-lo mas Ninguém o fez.
Alguém zangou-se porque era um trabalho para Toda-a-Gente.
Toda-a-Gente pensou que Qualquer-Um podia tê-lo feito, mas Ninguém reparou que Toda-a-Gente não o faria.

No fim Toda-a-Gente culpou Alguém quando Ninguém fez o que Qualquer-Um podia ter feito.
"A Web é uma rede mas também uma teia. Nessa teia a que voluntariamente aderimos seremos a aranha se tivermos uma
estratégia. Seremos uma mosca se nos mantivermos pensando com a cabeça dos outros."

Mia Couto in Pensatempos, Abril de 2005

Dura realidade


domingo, 24 de agosto de 2008

"Before you become too entranced with gorgeous gadgets and mesmerizing video displays, let me remind you that information is not knowledge, knowledge is not wisdom, and wisdom is not foresight. Each grows out of the other, and we need them all."
Arthur C. Clark

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Ainda a noite

Digno de ser visto...

e revisto...para todos os gostos....

http://videos.howstuffworks.com/nasa/13544-spitzer-star-wars-sunsets-video.htm

Ou como diz a NASA: «To grasp the wonders of the cosmos, and understand its infinite variety and splendor»

domingo, 17 de agosto de 2008

Lá fora...

Acordo de noite subitamente.
E o meu relógio ocupa a noite toda.
Não sinto a Natureza lá fora,
O meu quarto é uma coisa escura com paredes vagamente brancas.
Lá fora há um sossego como se nada existisse.
Só o relógio prossegue o seu ruído.
E esta pequena coisa de engrenagens que está em cima da minha mesa
Abafa toda a existência da terra e do céu...
Quase que me perco a pensar o que isto significa,
Mas estaco, e sinto-me sorrir na noite com os cantos da boca,
Porque a única coisa que o meu relógio simboliza ou significa
É a curiosa sensação de encher a noite enorme
Com a sua pequenez...
Fernando Pessoa

terça-feira, 29 de julho de 2008

Nem tudo o que parece é

"É estranho que eu pareça abordar teorias matemáticas, sem que eu próprio as conheça"


M. C. Escher



Com que mão é que Escher segura a esfera reflectora?


Vénus é um forte aviso sobre aquilo em que a Terra se pode transformar.
Os efeitos do aquecimento global estão patentes em todos os países, mas continuamos cegos.
Até quando?

terça-feira, 22 de julho de 2008

Outro manifesto anti disparates

- Sempre que possível deve haver uma confirmação independente dos «factos».

- Encorajar o debate substantivo das provas por parte dos proponentes de todos os pontos de vista.

- Os argumentos apresentados por «autoridades» na matéria têm pouco peso.

- Propor mais do que uma hipótese e pensar em testes através dos quais possa sistematicamente refutar cada um das alternativas.

- Tentar não ficar preso a uma hipótese só porque é sua.

- Quantifique. O que é vago e qualitativo está aberto a muitas explicações.

- Se há uma cadeia de argumentos, cada elo da cadeia tem de funcionar (incluindo a premissa).

- Quando confrontados com duas hipóteses que expliquem os dados igualmente bem, optar pela mais simples.

- Pergunte sempre se a hipótese pode ser, pelo menos em princípio, refutada

quinta-feira, 3 de julho de 2008

Baloney Detection Kit

Wherever possible there must be independent confirmation of the facts.

Encourage substantive debate on the evidence by knowledgeable proponents of all points of view.

Arguments from authority carry little weight (in science there are no "authorities").

Spin more than one hypothesis - don't simply run with the first idea that caught your fancy.

Try not to get overly attached to a hypothesis just because it's yours.

Quantify, wherever possible.

If there is a chain of argument every link in the chain must work.

Occam's razor - if there are two hypotheses that explain the data equally well choose the simpler.

Ask whether the hypothesis can, at least in principle, be falsified (shown to be false by some unambiguous test). In other words, it is testable? Can others duplicate the experiment and get the same result?

Additional issues are:

Conduct control experiments - especially "double blind" experiments where the person taking measurements is not aware of the test and control subjects.

Check for confounding factors - separate the variables.

Common fallacies of logic and rhetoric

Ad hominem - attacking the arguer and not the argument.

Argument from "authority".

Argument from adverse consequences (putting pressure on the decision maker by pointing out dire consequences of an "unfavorable" decision).

Appeal to ignorance (absence of evidence is not evidence of absence).

Special pleading (typically referring to god's will).

Begging the question (assuming an answer in the way the question is phrased).

Observational selection (counting the hits and forgetting the misses).

Statistics of small numbers (such as drawing conclusions from inadequate sample sizes).

Misunderstanding the nature of statistics (President Eisenhower expressing astonishment and alarm on discovering that fully half of all Americans have below average intelligence!)

Inconsistency (e.g. military expenditures based on worst case scenarios but scientific projections on environmental dangers thriftily ignored because they are not "proved").

Non sequitur - "it does not follow" - the logic falls down.

Post hoc, ergo propter hoc - "it happened after so it was caused by" - confusion of cause and effect.

Meaningless question ("what happens when an irresistible force meets an immovable object?).

Excluded middle - considering only the two extremes in a range of possibilities (making the "other side" look worse than it really is).

Short-term v. long-term - a subset of excluded middle ("why pursue fundamental science when we have so huge a budget deficit?").

Slippery slope - a subset of excluded middle - unwarranted extrapolation of the effects (give an inch and they will take a mile).

Confusion of correlation and causation.

Caricaturing (or stereotyping) a position to make it easier to attack.

Suppressed evidence or half-truths.

Weasel words - for example, use of euphemisms for war such as "police action" to get around limitations on Presidential powers. "An important art of politicians is to find new names for institutions which under old names have become odious to the public"

(excerpted from The Planetary Society Australian Volunteer Coordinators Prepared by Michael Paine )

http://www.carlsagan.com/

Comunicar, não impressionar

Se esperarmos tempo suficiente tudo muda (Sagan, Carl)

Porque as homenagens não têm hora marcada

Pequeno ponto azul

sexta-feira, 27 de junho de 2008

Os elementos químicos

Ciência e Arte

"O binómio de Newton é tão belo como a Vénus de Milo. O que há é pouca gente para dar por isso (...)" (Álvaro de Campos)

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Rasto...



De Isa Mar, retirado de: http://olhares.aeiou.pt/gone_fishin/foto1753561.html

Regras Básicas na Escola

Regra 1 - A vida não é justa, habitua-te!

Regra 2 - O mundo não se precocupa com a tua auto-estima. O mundo espera que produzas alguma coisa antes de te sentires bem contigo próprio.

Regra 3 - Não vais ganhar milhares de euros assim que saires da escola. Não terás direito a telefone e carro até os teres merecido.

Regra 4 - Se achas os teus professores duros, espera até teres um patrão.

Regra 5 - Servir à mesa não é um trabalho abaixo da tua dignidade. Os teus avós tinham outro nome para ele, chamavam-lhe oportunidade.

Regra 6 - Se fazes asneira, a culpa não é dos teus pais, portanto não te queixes dos erros e aprende com eles.

Regra 7 - Antes de nasceres os teus pais não eram tão aborrecidos - Ficaram assim por pagar as tuas contas, lavar a tua roupa e ouvir a tua basófia. Reflecte antes de criticar.

Regra 8 - A escola pode ser igualitária, mas a vida não o é e não podes repetir quando falhas.

Regra 9 - A vida não se divide em períodos ou semestres. E nenhuma empresa se preocupa com a tua crise de identidade. Encontra-te nas tuas horas livres.

Regra 10 - A televisão, o computador e os jogos de vídeo não são a vida. Na vida real as pessoas têm que sair do sofá e ir trabalhar.

Regra 11 - Sê simpático para com os marrões. É provável que venhas a trabalhar para um deles.

Adaptado de um texto de Charles J. Sykes

domingo, 8 de junho de 2008

sábado, 17 de maio de 2008

Animismo?

WARNING! This machine is subject to breakdowns during periods of critical need. A special circuit in the machine called a 'critical detector' senses the operator's emotional state, in terms of how desperate he or she is to use the machine. The 'critical detector' then creates a malfunction proportional to the desperation of the operator. Threatening the machine with violence only aggravates the situation. Likewise, attempts to use another machine may cause it also to malfunction. They belong to the same union. Keep cool and say nice things to the machine. Nothing else seems to work. Never let any machine know you are in a hurry.
(Chandler, D. 2001)

domingo, 11 de maio de 2008

Papert de novo

The problem in education is not that we aim too high and fail, but that we aim too low and succeed.

sábado, 10 de maio de 2008

Porque eu estava lá e algumas coisas merecem ser recordadas

Pessoa

Louco, sim, louco, porque quis grandeza
Qual a Sorte a não dá.
Não coube em mim minha certeza;
Por isso onde o areal está
Ficou meu ser que houve, não o que há.

Minha loucura, outros que me a tomem
Com o que nela ia.
Sem a loucura que é o homem
Mais do quea besta sadia,
Cadáver adiado que procria?

"Mensagem", Fernando Pessoa

quinta-feira, 1 de maio de 2008

quarta-feira, 30 de abril de 2008

Os conservadores são pessimistas quanto ao futuro e optimistas quanto ao passado

De acordo com Mumford o conceito de megamáquina referencia-se a estruturas centralizadas de poder que se relacionam com acessos diferenciais a conhecimento.
A abrangência desta megamáquina revela-se em noções absolutistas dos que detêm o poder e daqueles que contribuem, sendo a reverência à máquina uma das suas faces visíveis. Mumford considera que para se contrariar esta noção a utilização do da máquina, ou no seu sentido mais amplo da técnica, deve ser feita tendo em conta a sua funcionalidade aplicada ao bem estar do ser humano, visto individualmente e não como instituição ou organização com hierarquias definidas.
Mumford não podia prever o impacto que teriam os microcomputadores e muito menos a Internet e nesse sentido parece-me que pode ser feita uma análise ao tema, a dois níveis:
Por um lado, os computadores permitiram novos níveis de eficiência, dinamismo e interacção, que facilitam a existência de um certo grau de autonomia e o estabelecimento de redes e alternativas. A conectividade actualmente possível, estava longe de ser uma realidade na época do autor mas, permite relações orgânicas e dinâmicas e o estabelecimento de comunidades culturais, que se não forem deterministas e obsessivas permitem um olhar crítico e auxiliam a ponderação na tomada de decisões. Nesse sentido trata-se da técnica ao serviço do Homem como defendia Mumford.
Por outro lado, parece-me pertinente ponderar o controlo que grupos económicos efectuam sobre as tecnologias e os produtos que elas disponibilizam, os quais pretendem perpetuar um certo status quo expansível a nível global, graças à ubiquidade atingida pela tecnologias de informação e comunicação.
Posto isto, parece-me verosímil o potencial perigo previsto pelo autor, já que a presença e poder destes grupos se revela de formas indirectas, mantendo a sua presença de uma forma, por vezes, quase transparente, mas impeditiva de escolhas reais, aproximando-se da noção de monotécnica, contra a qual o autor advertia.

terça-feira, 8 de abril de 2008

Não fosse um sentido de humor apurado...

TEACHER: Donald, what is the chemical formula for water?
DONALD: H I J K L M N O.
TEACHER: What are you talking about?
DONALD: Yesterday you said it's H to O.

TEACHER: Harold, what do you call a person who keeps on talkingwhen people are no longer interested?
HAROLD: A teacher

domingo, 6 de abril de 2008

sexta-feira, 4 de abril de 2008

Pela igualdade de oportunidades

Vivien T. Thomas
Retrato a óleo de Cavas, 1969


Helen Taussig com um paciente em 1981.

Photograph by permission of Tadder Associates.

terça-feira, 1 de abril de 2008


O caminho do futuro passa por uma viagem ao passado.
Não existe nada mais prático do que uma boa teoria.

segunda-feira, 31 de março de 2008

quarta-feira, 26 de março de 2008

Há segredos sagrados?



Música de Sérgio Godinho

Vídeo de Paulo Teixeira Lopes

Para todo o sempre

Um professor de Direito, um professor de Fisica e outro de Geologia discutem o conceito de "para sempre".
Para o professor de Direito era mais ou menos o equivalente a um contrato de 99 anos, enquanto que para o professor de Geologia o conceito se referia ao tempo presumível de duração da Terra.
O professor de Física retorquiu que no seu campo, "para sempre" queria mesmo dizer "para sempre".

A experiência humana é mediada pela interpretação.
Bogdan & Biklen

terça-feira, 18 de março de 2008

Arthur C. Clarke

Agora já só existe na nossa imaginação e memória.


foto de sylvaincarle: http://www.flickr.com


Merecia uma ode pela relação que estabeleceu entre a imaginação e o saber.
Arthur C. Clarke passou a ser um satélite geoestacionário na nossa colecção de cientistas.

Dia Mundial da Floresta e do Ano Internacional do Planeta Terra





A Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza organiza, com o apoio da Comissão Nacional da UNESCO, no próximo dia 20 de Março, pelas 11:00 horas, no Oceanário de Lisboa, a cerimónia de apresentação dos projectos Condomínio da Terra.




Sem comentários...

domingo, 9 de março de 2008

Mulher

Ontem celebrou-se o Dia Internacional da Mulher.




Nesta era de globalização a palavra chave é Internacional: As mulheres continuam a ser vistas como objectos marginais cultural e religiosamente. São factor de produção desqualificado pelo mundo fora, sujeitas a tráfico e humilhações várias.

Internamente surgem instituições de apoio a vítimas e alerta-se para situações de violência doméstica.

Se tanto se pede à escola para agir articulada e estrategicamente, porque não se pede o mesmo a instituições, organizações e governos para mudarem a real situação?
Interessa mantê-la assim?
Já não estamos na fase de ter autorização do marido ou do pai para nos ausentarmos, mas serão as coisas realmente diferentes?


Um homem aguerrido é um líder. O que se chama a uma mulher aguerrida?
Já em 2006 Mariano Gago chamava a atenção para a falta de mulheres na Ciência por toda a Europa: http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=2705&op=all
Serão as condições iniciais, entre homens e mulheres, as mesmas?

sábado, 1 de março de 2008

As voltas do mundo

Serão a Mecânica Quântica ou a Teoria da Relatividade Restrita mais contrárias ao senso comum do que o conceito de flogisto ou a visão do mundo como um prato raso sobre as costas de uma tartaruga?



foto: pingnews.com
http://www.flickr.com/

Qualquer teoria é provisória. Se uma nova observação entra em desacordo com ela, terá que ser abandonada ou modificada.

Newton que o diga.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Em homenagem...

foto de TopTechwriterUS
http://www.flickr.com/
"(...) e sempre que o Homem sonha
o mundo pula e avança (...)"
António Gedeão

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Educational Outreach Program

Foto de Schmuppe http://www.flickr.com

Sendo inalienável o dever da escola no desenvolvimento de uma base de formação, é também seu dever usar essa informação na resolução de problemas, raciocínio e criatividade.
Não descuremos, para tal, o potencial do edutainment.
Os jogos permitem observar, experimentar, questionar, cometer erros, reflectir e tentar de novo.

Veja-se um exemplo da utilização deste conceito/paradigma:

"Nobelprize.org has a unique way of introducing the Nobel Prize that goes beyond the mere presentation of facts. These introductions, aptly called 'educational', are made in the form of games, experiments, and simulated environments ready to be explored and discovered. The productions are aimed at the young, particularly the 14-18 age groups, who may know about the Nobel Prizes and the Nobel Laureates, but often lack a deeper understanding about the Nobel Prize-awarded works."
http://nobelprize.org/educational_games/

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

1º Seminário de História do Ensino da Matemática e das Ciências


A 27 e 28 de Junho de 2008 (em sala ainda a confirmar) vai decorrer, na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, o 1º Seminário de História do Ensino da Matemática e das Ciências.

URL: http://cie.fc.ul.pt/shemc.htm

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Eclipse Lunar

foto de FortPhoto




Próxima madrugada de 21 de Fevereiro ocorrerá um eclipse total da lua
com o seu expoente máximo por volta das 3.00h.


Espectáculo digno de ser visto, especialmente nestes momentos em que são tão recentes outras grandiosidades da Mãe Natureza.

Para mais informações, consultar: http://www.oal.ul.pt/index.php?link=destaque&id=99

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Kandinsky



O conhecimento transporta o ser humano para outros níveis de realidade.

foto de bonneti

http://www.flickr.com/

sábado, 16 de fevereiro de 2008

Reciclar


Semelhanças e Diferenças a assinalar nos vídeos sobre "Reciclagem"?


foto de starrynight1

A Ida ao Instituto Superior Técnico

No âmbito de mais uma edição dos “Laboratórios Abertos” promovida, desta feita pelo Departamento de Materias, desloquei-me ao Técnico com alunos de 12º ano.

Foi patente como as áreas exploradas podem (e têm vindo a) contribuir para o desenvolvimento de processos sustentáveis, mais limpos, mais seguros e com maiores exigências de qualidade.
As novas tecnologias têm permitido uma melhoria significativa da sociedade em diferentes valências.

Mas já agora mudem o nome. Havia muito pouca abertura e uma bancada improvisada não faz um laboratório.
Um pouco de simpatia também cai bem...

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Outras Incertezas (versão livre)



foto de Marcella Bona

Todos somos partículas.
Todos causamos ondas.

O observador estuda os efeitos.


A própria partícula é o pior observador de si própria.

Como medir os efeitos que causamos?

Bohr, Heisenberg e eu :-)

Desafios e Incentivos

Retirado de Ciência PT

Está aberto até ao dia 20 de Abril o Concurso Jovens Cientistas e Investigadores - 2008, promovido pela Fundação da Juventude.
Esta iniciativa é dirigida a estudantes do ensino básico, secundário ou a frequentar, no máximo, o 1º ano do ensino superior, com idades compreendidas entre os 15 e os 20 anos.
Os interessados podem concorrer individualmente ou em grupo, no máximo de 3 elementos. Cada trabalho deverá ainda ter um professor coordenador do projecto.
Os trabalhos devem enquadrar-se numa das seguintes áreas de estudo: Biologia, Ciências da Terra, Ciências do Ambiente, Ciências Médicas Ciências Sociais, Economia, Engenharia, Física, nformática/Ciências da Computação, Matemática e Química.
Será atribuído um Prémio Especial ao Professor Coordenador do projecto vencedor do primeiro prémio.

Para mais informação consultar o site:www.fjuventude.pt/jcientistas2008 ou http://www.tavira.cienciaviva.pt/

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Amy Winehouse

E para um pouco de humor:

depois de ganhar 5 dos 6 possíveis Grammys para que estava nomeada, levanta-se possível hipótese de investigação:

Os métodos A e B diferem quanto à facilitação do sucesso.

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Seminário "e-Learnig 2.0 - Inovação e Pedagogia"

O Centro e-Learning da TecMinho/Gabinete de Formação Contínua da Universidade do Minho promoverá o Seminário "e-Learning 2.0 - Inovação e Pedagogia" no próximo dia 15 de Fevereiro, no Centro de Congressos da Exponor.

Para mais informações e inscrição: http://www.crie.min-edu.pt/index.php?action=view&id=146&date_id=222&module=calendarmodule&section=9

domingo, 10 de fevereiro de 2008

Lágrima de Preta

Encontrei uma preta que estava a chorar pedi-lhe uma lágrima para a analisar.
Recolhi a lágrima com todo o cuidado num tubo de ensaio bem esterilizado.
Olhai-a de um lado, do outro e de frente: tinha um ar de gota muito transparente.
Mandei vir os ácidos, as bases e os sais, as drogas usadas em casos que tais.
Ensaiei a frio, experimentei ao lume, de todas as vezes deu-me o que é costume: nem sinais de negro, nem vestígios de ódio.
Água (quase tudo) e cloreto de sódio.


António Gedeão

Uma borboleta

video

ou a Teoria do Caos?

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Informação recebida do Ciência Viva:
Programa Rede de Residências
Arte Ciência e Tecnologia
Fevereiro – Março de 2008, FNAC Cascais

Diferentes paradigmas, protocolos e práticas orientam duas das mais importantes actividades do Homem. Em que pontos se interceptam, cruzam ou divergem estes dois universos que dependem da criatividade? Que resultados podemos esperar desse cruzamento?

O Programa Rede de Residências: Experimentação Arte Ciência e Tecnologia, uma parceria entre a Direcção-Geral das Artes e a Ciência Viva, juntou artistas e cientistas numa rede de laboratórios de investigação, onde trabalharam em colaboração.Os resultados das residências são agora dados a conhecer, com o apoio da FNAC.

FNAC CASCAIS 2008
7 de Março, 21:30 h Diferentes olhares sobre os “objectos científicos”, Patrícia Noronha com Célia Romão (ITQB)
8 de Março, 21:30 h Safe_Mode, Rudolfo Quintas com Pedro Aguiar/Victor Barroso (ISR)
14 de Março, 19:00 h A Arte sabe ser a coisa sem fim, Virgínia Mota (ISR)
15 de Março, 19:00 h Sonificações, André Castro com João Lemos Pinto (DFUA)

Os antigos auxiliares de memória

Foto de RobertFrancis
http:www.flickr.com



Há sempre tanta coisa para fazer!

Avaliações de desempenho

"O que mais me preocupa é o silêncio dos bons"
Martin Luther King
Quais os indicadores de medida e as ponderações dos parâmetros classificativos porque nos regemos?

Que "instrumentos de registo" serão criados para um processo suficientemente transparente e que não inquine pela rotina?

As recomendações que deveriam ser divulgadas pelo conselho científico deveriam ter carácter geral?

Não. Não se trata de um inquérito. Apenas a manifestação de inquietações.